Como fabricar suas próprias telas

Normalmente, quando estamos começando no caminho da pintura, costumamos comprar telas prontas já que a produção artistica não chega a ser grande e a atuação é mais um hobby do que profissional(mas nada impede de um profissional comprar prontas).

O que pretendo mostrar aqui é como fabricar sua tela de forma simples e didádica. Talvez alguns fabricantes as utilizem dessa maneira mas existem algumas questões um pouco técnicas que serão mostradas a seguir:

Como começou

Lembro que quando iniciei gastava uma pequena fortuna de em torno R$56,00 em um pequeno painel de 90x70cm, até ser apresentado a possibilidade de gastar muito menos e produzir muito mais utilizando o tamanho que eu quiser.

Uma vez estava nas exposições: Picasso na Caixa Cultural e Triunfo da cor no CCBB e reparei uma coisa nas telas utilizadas pelos grandes mestres: Todas elas aparentemente foram feitas de forma manual pelo próprio artista ou pelo assistente, é possivel ver isso pelo seu acabamento e pelos pregos tortos mal colocados em seus arredores.

O custo e material

Basicamente, podemos calcular esse custo através dos materiais que deverão ser repostos como:
Os valores apresentados são apenas uma média que pode variar de lugar para lugar

  • Tecido – Lona de Algodão – R$9,90 o metro
  • Impermeabilizante – Tecryl D-3 ou algum outro na cor branca, balde de 3.5litros – R$60,00
  • Madeira – Pinus de 1.5×4.5×2(12 ripas) – R$50,00
  • Grampos – 1000 grampos(Sim, vamos usar MUITO) – R$5,00

Vamos supor que compre 5 metros de tecido(R$49,50) + o material. Vai dar R$164,50. Lembra quando disse que uma tela de 90x70cm custa R$56,00? Três telas completas com todo material somado são quase o mesmo valor de fabricar uma em casa.

E temos o material que vai durar a vida toda, que a maioria das pessoas tem em casa, então conta-se como investimento:

  • Cartão de crédito velho
  • Serrote(ou Arco de serra que tem um corte mais fino e sutil, também pode ser uma Tico-Tico) – R$40,00
  • Grampeador tapeceiro(pistola) – R$50,00

Passo a Passo

Não é um trabalho FACIL, pois requer algumas habilidades com serra e força para puxar o tecido, no inicio tive umas dificuldades com cortes e na hora de esticar acabaram ficando muito frouxos, mas vamos lá porque é assim que a gente aprende!

Separarei em três partes, 1º Tecido, 2º Madeira, 3º Esticar(Juntar o tecido e a madeira).

1º Tecido

O tecido utilizado será a Lona de Algodão.

Você precisará medir a quantidade de tecido que será utilizada na sua tela e corta-lo com uma tesoura.

Lembre-se que na hora de aplicar o Chassi(parte de madeira que veremos mais para frente) teremos que calcular também a margem de dobra no Topo, Esquerda, Direita e Abaixo que pode ser de 4 dedos para facilitar.

Após cortado, abra bem esse tecido pois iremos impermeabiliza-lo.

O Impermeabilizante serve para facilitar o ato da pintura deixando a tinta correr mais livremente por ele. As técnicas que podem ser utilizadas são variadas pois o funcionamento é o mesmo. Acrilicas ou Óleo.

Abra a lata, pegue o cartão e passe o cartão dentro dela e em seguida na tela esticando a massa até suas extremidades(Lembre-se de passar pelo tecido INTEIRO), o tempo de secagem leva em torno de 3 horas para ficar bem seco. Caso queira pintar e depois guarda-la enrrolada fica ao critério do artista para por o chassi mais tarde(a parte mais dificil)

Depois de impermeabilizado, esperamos secar, enquanto isso, vamos para 2º parte.

2º Madeira – Construção do Chassi

De forma legal, quando compramos telas pronta a madeira vem com o que chamamos de “chanfro” que é uma pequena curvatura de poucos graus e seu corte nas extremidades é feito em 90º para ao ser unida ter a forma perfeita e ao pintada nao deixa marcas do Chassi.

Nesses casos eu pinto as obras e as deixo secando depois enrrolo e guardo antes de aplicar o chassi para evitar essas marcas.

O método utilizado nesse caso é o simples e funcional que qualquer pessoa consegue fazer de casa com pouco recurso.

A madeira utilizada é Pinus, pois é resistente, barata e reflorestada(assim nao tem muito impacto no meio ambiente).

Agora precisaremos de um lapis e uma trena para medir as ripas. Lembra quando disse sobre o espaçamento de 4 dedos para dobra? Então vamos prestar atenção para evitar ficar tudo muito na borda e não conseguirmos esticar(Digo por experiencia própria, é melhor sobrar tecido do que faltar!).

Note na imagem abaixo, 2 madeira abaixo e duas acima, isso se chama Chassi em quadrado.

A madeira de baixo vão pegar toda a extremidade sendo maior que as laterais, madeiras de cima.

Marque corretamente onde serão cortadas e serre na marcação.

Qualquer erro poderá fazer seu Chassi ficar torto

Com os cortes já estabelecidos, coloque o tecido ao contrário e posicione a madeira em seu devido lugar

Agora vamos finalizar prendendo ele com o grampeador.

Grampeie a madeira dos 12 lados: Frente, Verso e Laterais. Costumo utilizar de 3 a 4 grampos dos 4 lados da frente e verso e 2 grampos nas laterais como marcado na foto abaixo:

Com tudo grampeado e firme já temos nossa estrutura de tela pronta. Agora vem a parte complicada que exige força, hora de esticar.

3º Esticar(Juntar o tecido a madeira)

Hora de usar toda sua força para deixar o tecido ficar complemente esticado como um tambor. No inicio foi complicado pois sempre achei que ele iria rasgar, mas além do impermeabilizante facilitar na hora da pintura ele ajuda a deixar o tecido mais rígido.

Posicione o Chassi sobre o tecido. Lembrando de coloca-lo ao contrário para nao esticar a parte com impermeabilizante para dentro e sim para fora(voltado ao chão).

Vamos aos pontos de tensão, onde você deverá esticar com toda sua força! Esse é o ponto crucial para evitar que a tela fique frouxa. No inicio eu sofri um pouco, mas com tempo se pega a prática. O ideal é fazer com telas pequenas e ir aumentando com tempo. Os pontos cruciais estão marcados enumerados na imagem abaixo:

Em seguida estique o restante do tecido sempre tensionando FORTE até sobrarem as arestas de dobra. Na hora das dobras laterais estique com mais força ainda pois agora a tensão será diagoanal deixando a tela super esticada como um tambor.

Ao final de alguns petelecos para ouvir o som 😛

Considerações finais

Esse trabalho demanda bastante tempo e paciência mas acaba virando algo do Dia-a-dia… caso fique frouxa ou torta, nao se preocupe e nao desista pois a experiencia e o sentimento de realização no final vale a pena!

Com os restos de madeira e tecido, podemos reaproveita-los para usar nossa criatividade e fazer o que chamo de “A Arte do Chassi”.

Utilizando sobras, consegui criar o Chassi abaixo:

E Claro, o resultado da tela que utilizei como exemplo. Ela mede: 103x98cm. Lembrando que a medida de uma tela é feita pelo Chassi, e nao pelo tecido.

One thought on “Como fabricar suas próprias telas

Comentários