Exposição Morgan Snell

O lado Cult dos museus do RJ

Aqui no RJ, temos o famoso CCBB(Centro Cultural do Banco do Brasil) trazendo sempre grandes nomes como: Salvador Dali, Van Gogh, Mondrian, etc…

Algumas quadras depois encontramos um prédio um pouco tímido com uma belissima arquitetura branca, pequeno, sem guarda volumes e claro pouco movimento, o cenário perfeito para qualquer exposição calma e tranquila.

Foi construido em 1920 e até hoje mantém o mesmo elevador icônico de sua época. Estou falando do Centro Cultural dos Correios.

Não o conhecia até então, utilizei um aplicativo no celular: ARTIKIN para encontrar alguma exposição de pinturas por aqui já que tinha visto todas que rodaram o MAR, CCBB e CC.

Nessa pequena busca me deparei com Morgan Snell! Então a primeira coisa que fiz foi falar com a minha namorada sobre isso e fomos conhece-la.

Morgan Snell

Snell foi uma mulher artista plástica e autodidata de São Paulo nos anos 40, quando as mulheres eram um pouco repreendidas sobre seus afazeres.

Em 1948 se muda para França onde começa a ascender sua carreira como artista plástica, tanto na pintura como escultura.

Seu trabalho retrata bem a força humana com pinturas a óleo e têmpera e seus temas são Biblicos e a Dívina Comédia de Dante.

A Exposição

Com pouco movimento, uma ótima curadoria e organização foi uma exposição magnífica com obras muito bem detalhadas, tanto em sua técnica como no impacto visual.

 

Comentários