Sobre

Sou Gustavo Kuklinski,

Comecei a desenhar ainda pequeno, aos 5 anos. Eram pequenos rabiscos em folhas e sempre diziam que estavam bom. Então me colocaram num ateliê para fazer curso de desenho e aprimorar o que já fazia.

O Ateliê: Curso de desenho

Mais ou menos aos 8 anos comecei a frequentar um ateliê perto de casa para ter aulas de desenho, foi lá que comecei a utilizar diversos materiais diferentes e aprendi novas técnicas de desenho tais como:

  • Cópia
  • Aquarela
  • Tinta acrílica
  • Canetas e pincéis com nanquim, etc…

Também tive minha primeira exposição quando tinha 11 anos. Foi quando expus 3 desenhos. Foi um momento de  extrema importância mesmo que nenhum fosse a venda.

Durante esse inicio andava muito mal no colégio, todos meus cadernos eram desenhados, mal copiava matérias e fazia aulas particulares para tentar melhorar só que acabava matando essas aulas para ir ao ateliê brincar de fazer arte.

Em 2004 as aulas pararam e o professor se mudou para França, então parei de desenhar durante esse tempo até que recebi uma pasta imensa com inúmeros desenhos que eu tinha feito dos 8 aos 12 anos. Fiquei tão animado que acabei de voltando a fazer uns rabiscos de novo, principalmente quando li o verso do cartão postal que veio junto.

cartao-desenho
Cartão enviado – “Gustavo, espero que você siga desenhando. Forte abraço”

Aos 23 encontrei em casa uma tela pequena e diversas tintas a óleo, pedi para minha mãe comprar aguaráz e alguns pincéis, também tinha um cavalete velho de madeira em formato de mala que meu pai tinha me dado anos atrás quando ainda trabalhava em uma loja de antiguidades. A partir daí acho que dei o primeiro pontapé para pintura.

Comecei a pesquisar sobre arte, novas técnicas de desenho e pintura.

Comprei um Moleskine que virou meu fiel companheiro junto com canetas nanquim e agora vivo desenhando coisas da minha cabeça ou tentando rabiscar paisagens dos locais que passo.

Os desenhos recebidos na pasta e feitos entre 1998 e 2003 podem ser vistos aqui